Whatsapp

EVIPI - A Escala de Violência entre Parceiros Íntimos - Coleção Completa - 10%

Código: 432

Composição Kit:
01 Manual
25 Cadernos de respostas
25 Cadernos de registro

Objetivo
A Escala de Violência entre Parceiros Íntimos – EVIPI tem por objetivo dar suporte no rastreio, na identificação e na avaliação das vítimas de violência entre parceiros íntimos, sobretudo no que se refere a injúria e violência física corporal; aos danos à saúde, à sexualidade e ao patrimônio; e ao controle comportamental.

População
Parceiros íntimos de ambos os sexos, entre os 18 e 65 anos de idade, em relacionamento íntimo hetero ou homossexual.

Aplicação
Individual ou coletiva.

Tempo
Sem limite, em geral varia de 15 a 25 minutos.

Correção
Manual.

Descrição
A Escala de Violência entre Parceiros Íntimos – EVIPI é de autorrelato e foi estudada em diferentes contextos (vítimas, população geral e universitários), no sentido de busca por evidências de validade pela Teoria Clássica dos Testes – TCT.

A EVIPI, escala tipicamente brasileira, que leva em consideração as características sociais e culturais desta população, visa instrumentalizar profissionais de qualquer contexto que lidam diretamente com a problemática da violência entre parceiros íntimos, dando subsídios para futuras intervenções de apoio e suporte às vítimas ou mesmo na prevenção dessa problemática.

Está constituída por três dimensões principais:

1ª: injúria e violência física corporal – conjunto de indicadores de práticas de agressões e atos violentos físicos (tapas, chutes, socos e empurrões), e agressões verbais que envolvem humilhação, calúnia, ofensas, desprezo, críticas, dentre outras.

2ª: danos à saúde, sexualidade e patrimônio – composta por indicadores relativos aos impactos e prejuízos da violência para a saúde, sexualidade, como, por exemplo, cortes, lesões, desnutrição, envenenamento, dependência de álcool e relações sexuais forçadas.

3ª: controle comportamental – envolve indicadores de impacto e prejuízos sociais bastante contemporâneos, pois remetem às atividades relacionadas ao uso de tecnologias de informação e redes sociais, o que se tratando de VIP, se refere à privação de acesso e/ou invasão de privacidade dos danos e informações e controle vigiado de condutas.

A fim de ilustrar os procedimentos e condições de violência por parceiros íntimos que podem ser verificadas pela EVIPI, o manual apresenta quatro casos identificados pela escala, de mulheres agredidas em menor e maior gravidade, baseados em protocolos reais coletados.

A violência entre parceiros íntimos configura-se atualmente como um dos principais problemas de saúde pública, causando sérias consequências aos envolvidos. Os prejuízos físicos, sexuais e psicológicos impactam gravemente a qualidade de vida e a saúde das vítimas e pessoas próximas. O estudo deste fenômeno tem gerado crescente interesse na comunidade científica.

As pesquisas apontam uma grande prevalência da VPI em todo o mundo. A problemática se agrava ainda mais devido a outros fatores que geralmente estão associados à VPI, como baixa renda, dependência financeira, histórico de violência familiar na infância e na adolescência, baixa escolaridade, uso de álcool e outras drogas, baixa autoestima, fraco vínculo afetivo com a família, distúrbios de personalidade e ausência de uma rede de prevenção e proteção, entre outros.

De R$ 195,00

Por
R$ 175,50

Receba novidades da área psicológica

Pague com depósito bancário
ou em até 6x no cartão de crédito

Entrega garantida em todo
o território nacional

Prazo mínimo de 2 dias
úteis de acordo com a região
de destino.

Consultoria de produto

Equipe de Consultores para dúvidas técnicas de produtos